A Vitória é Nossa.

11 de outubro de 2014

O bom resultado da eleição renovou minha responsabilidade com você por quatro anos. Muito obrigado pela confiança, que jamais será desmerecida. A vitória é de todos nós, que acreditamos na Democracia.
Um mandato é diferente do outro e chego à nova legislatura com entusiasmo e disposição para os enfrentamentos que, lhes asseguro, serão relevantes para a nação brasileira.
A ausência de Marina Silva do segundo turno da eleição presidencial me entristece e do eleito no próximo dia 26 espero a iniciativa para a reforma das instituições.
A campanha eleitoral serve para o candidato falar, ouvir e ver e do que ouvi e vi percebo que as aflições continuam as mesmas, com certa descrença quanto às soluções.
Sou otimista e creio em um novo momento de nossa História. Chegamos ao ponto de exaustão, o caos do qual surgirá o padrão para estabelecer a correta aplicação dos recursos públicos nas soluções reclamadas por todos.
Penso em manter um site para nos comunicarmos, descrever minhas ideias, posicionamentos e projetos e receber diretamente sugestões e críticas.
Conto que me perdoem pela eventual falta de assiduidade das inserções. Como já escrevi, não recorro a assessores para meus textos. Meus erros são todos de minha responsabilidade mesmo.
Por fim, faço minha profissão de fé no Brasil.