Marina Mulher, Negra, Seringueira e Professora.

22 de setembro de 2014

Os adversários lançaram a “onda da Razão” na tentativa de tirar Marina do Segundo turno e cometeram uma falha trágica. A onda da razão nos leva a votar em Marina.
Emocionada, em discurso em Manaus, Marina soltou o verbo e revelou sua força, que por ser reconhecida pela sua própria trajetória de vida, não precisa ser afirmada a cada instante.
Temos a possibilidade de ver Marina presidente a desmistificar a necessidade de arranjos nada republicanos para comandar o País.
Teremos a relação respeitosa entre os Poderes, sem a hegemonia de um sobe o outro.
A toda hora me perguntam se ela terá condições de governar sem cair no jogo sujo da política. Afirmo minha convicção de que é possível.
Além do mais, se não tentarmos, jamais saberemos.
Vamos Marinar.