A Reforma Política

4 de agosto de 2014

Chegou a hora.

Apresentei proposta de Emenda à Constituição para que fizéssemos uma Reforma Política, Tributária e do Pacto Federativo, coisas que têm que caminhar juntas, sob pena de não sair qualquer delas.

Aprovada a Emenda nas Comissões da Câmara dos Deputados, está pronta para ser votada em Plenário, mas aqueles que vivem a ocupar os horários partidários reclamando da necessidade de fazermos a Reforma, que chegam a chamar de mãe de todas as reformas, são os primeiros a impedir a votação.

De tão antiga, preciso atualizá-la e já estou pronto para fazê-lo.

O período eleitoral é apropriado para que as explicações cheguem a todos, a ponto de criar uma pressão irresistível e levá-la à aprovação.

Apoie essa ideia.